Volta ao passado: o 1º pouso do Concorde no extremo sul das Américas

Volta ao passado: o 1º pouso do Concorde no extremo sul das Américas posteriormente
Foto: Eduardo Pocai

O mundo da aviação é fascinante e quando a gente menos espera, nos deparamos com um novo fato ou uma história, que nos transporta para um outro tempo. Depois de explorarmos detalhes das operações da Japan Airlines no Brasil, seguimos para a Argentina, onde vamos voltar lá para 1999, ano em que o icônico Concorde pousou pela primeira vez no extremo sul das Américas.

Antecedentes

Ushuaia Airport Aerial Image
Alexander Klink via Wikimedia Commons

A entrega do novo Aeroporto de Ushuaia estava prevista para acontecer no ano de 1994, o que não veio a se concretizar. O aeroporto foi parcialmente entregue em 1995, com a pista, pátio e torre de controle operacionais. Como ainda não existia um terminal de passageiros construído, o embarque e desembarque dos viajantes acontecia na Base Aeronaval. O local já contava com uma estação de passageiros, que atendia os voos antes da entrega parcial do novo aeroporto.

Simultaneamente, aconteciam conversas com a Embaixada da França na Argentina para realizar uma homenagem à Saint Exupéry. A ideia era levar Concorde ao Ushuaia para homenagear o aviador e escritor francês e mostrar o contraste tecnológico do supersônico com a as aeronaves utilizadas nos tempos de Exupéry. O fato também seria marcante e poderia trazer um efeito promocional à Air France, visto que na época, a cidade era considerada a mais meridional do planeta (Atualmente é Puerto Williams, no Chile, nomeada a cidade mais ao sul do mundo em 2019).

Os planos foram sendo adiados por conta do atraso nas obras e o aeroporto foi entregue por completo, já com terminal de passageiros somente em 1997.

Voos de Volta ao Mundo

O Concorde é uma das aeronaves mais conhecidas e mais emblemáticas já produzidas na história da aviação. Imponente, veloz e com um design único, ele chamava atenção por onde passava e não foi diferente em suas duas passagens pela Terra do Fogo.

Cerca de dois anos depois de ter o aeroporto completamente inaugurado, a Air France incluiu o Ushuaia em seu “Tour Amérique Sud”. Estes tipos de tours até hoje são desenhados por agências de viagem ou operadores aéreos que selecionam diversos destinos simbólicos e levam os turistas a bordo de uma aeronave realizando um “pinga-pinga” ao redor do mundo ou em regiões específicas. No passado, a aérea francesa costumava realizar esse tipo de voo “Volta ao Mundo” e Foz do Iguaçu já fez parte do roteiro, também recebendo o Concorde.

Voando até o Extremo Sul

Voltando para o Ushuaia: a tarde do dia 19 de janeiro foi marcante para a história do recém-inaugurado aeroporto. Por volta das 14:15, o Concorde de matrícula F-BTSD da Air France tocou pela primeira vez o solo do “Fim do Mundo”. Esse foi o local mais austral do planeta que a aeronave supersônica já pousou em sua história.anteriormente

bem como

Foto: Eduardo Pocai via Twitter

Os passageiros que estavam a bordo pagaram por volta de 50 mil dólares para realizar o itinerário completo e ficaram quatro dias pela região realizando passeios turísticos como uma curta viagem de barco pelos glaciares, localizados ainda mais ao sul.

O fotógrafo Eduardo Pocai registrou fotos do momento da chegada e também da partida do Concorde. Através de seu site, Pocai contou um pouco de sua experiência neste dia tão marcante. As fotos da aproximação final do Concorde foram feitas da Isla Conejo, que segundo Eduardo, está localizada em frente a pista do aeroporto. Ele chegou até lá em um bote, carregando seus equipamentos que incluíam dois tripés, além de suas duas câmeras. O relato completo você pode acessar por aqui: Eduardo Pocai – Concorde. Acesse também o Twitter de Eduardo para conferir outras fotos: https://twitter.com/eduardopocai

Após quatro dias na Terra do Fogo, aguardando seus viajantes voltarem, o Concorde F-BTSD decolou do Ushuaia deixando seu rastro de fumaça no céu argentino rumo a Santiago, no Chile. Assim concluiu-se a primeira passagem do Concorde no extremo sul das Américas.

Segundo pouso

Ainda em 1999, mas agora em dezembro, os moradores de Ushuaia tiveram a felicidade de ver o Concorde novamente. Procedente da mística Ilha de Páscoa, o jato supersônico, agora de matrícula F-BVFC, tocou a pista do Aeroporto Internacional Malvinas Argentinas no dia 8 de dezembro de 1999, marcando o segundo e último pouso do Concorde por ali.

A aeronave estava realizando outro “Tour Amérique Sud” e antes da Ilha de Páscoa havia passado por Santo Domingo, Havana e Lima. Os 98 passageiros se hospedaram no Hotel Del Glaciar. Assim como os que pisaram por lá em janeiro, eles realizaram uma variedade de passeios, incluindo o Trem do Fim do Mundo, Parque Nacional da Terra do Fogo e também uma expedição pelo canal de Beagle.

Após alguns dias em solo, o Concorde partiu para Buenos Aires, dando continuidade ao seu tour. O jato ainda passou por Puerto Iguazú, Rio de Janeiro e depois voltaria para a França com uma escala em Dakar.

Confira o vídeo do Concorde no Ushuaia. Observe a quantidade de pessoas que estavam lá assistindo ao momento: Concorde Ushuaia


Você já viu o Concorde de perto? Conte para nós a sua experiência:

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas