Relembre: TAM Linhas Aéreas e o Airbus A340-500

Relembre: TAM Linhas Aéreas e o Airbus A340-500
Foto: Acervo Flap

O Airbus A340-500 foi o segundo menos popular da família A340, com apenas 34 unidades produzidas. Desenhado para voar longas distâncias, empresas aéreas como a Air Canada, Singapore Airlines, Emirates e também a brasileira TAM Linhas Aéreas, utilizaram o quadrimotor. Abaixo vamos conhecer mais detalhes da utilização do modelo aqui no Brasil:


Em 2007, a TAM Linhas Aéreas (atual LATAM Brasil) estava em plena expansão de voos internacionais e faltavam aeronaves para cumprir as novas linhas. A companhia havia encomendado unidades do Boeing 77W, mas eles começaram a chegar a partir de 2008. Para suprir sua expansão, a TAM recebeu três MD-11s em leasing com a Boeing e também um par de A340-500, oferecidos por um baixo preço pela Airbus.

img001

Os dois quadrimotores chegaram em novembro de 2007 e entraram em operação na sequência. Matriculados como PT-MSL e PT-MSN, eles foram recebidos inicialmente pela Air Canada em 2004, onde voaram até 2007 como C-GKOM e C-GKOL, respectivamente. Quando na TAM, os dois continuaram operando com o interior de aérea canadense, com a configuração para 42 assentos na classe executiva e 225 na econômica.

No ano de 2009, a dupla recebeu o novo esquema visual lançado pela TAM em 2007.

a340 tam cozzato
Foto: Rodrigo Cozzato

Ao longo dos quase 4 anos de operação na aérea brasileira, os A340s ficaram mais fixos no trajeto Guarulhos-Milão Malpensa, mas também apareceram com certa frequência em Frankfurt.


LEIA TAMBÉM: Relembre: o MD-11 na TAM Linhas Aéreas


Até outubro de 2011, a frota de widebodies da TAM contava com vinte A330-200s, quatro Boeing 77W e os dois A340. A companhia decidiu retirá-los de serviço naquele mês e ambos foram repassados para a Lufthansa Technik.

 

O PT-MSL voou para Malta, onde ficou estocado por 2 anos e em 2013 voltou ao Brasil para ficar armazenado no Aeroporto do Galeão. O exemplar acabou desmontado em GIG no ano de 2015.

Já o PT-MSN ficou estocado no Aeroporto do Galeão até 2014. Posteriormente ficou armazenado no Aeroporto de Marana, nos EUA, entre junho e dezembro de 2014, depois voou para Schwerin, na Alemanha, onde ficou de dezembro de 2014 até fevereiro de 2018 e desde o dia 28 de fevereiro de 2018 está estocado em Teruel, na Espanha.

Uma curiosidade é que estes foram os dois únicos Airbus A340 já operados por uma companhia aérea brasileira.


Você voou no A340 da TAM Linhas Aéreas?

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas