Pratt & Whitney alerta sobre necessidade de inspeção em centenas de motores

A Pratt & Whitney vem enfrentando uma série de problemas com seus motores que equipam jatos como o A320neo e A321neo, causando adversidades para as companhias aéreas, como para a indiana Go First, que suspendeu suas operações. A empresa aponta os problemas no motor PW1100G como um dos fatores para tal paralisação, uma vez que diversas aeronaves precisaram ficar estacionadas.

Recentemente, a fabricante revelou que aproximadamente 1.200 motores do modelo PW1100G precisarão passar por novas inspeções, visando detectar rachaduras microscópicas. A P&W reconhece o impacto que essa situação causará para as empresas aéreas. Entre as mais prejudicadas estão a IndiGo e a mexicana Volaris.

Outro fator que está afetando diretamente as questões com os motores PW1100G é a falta de componentes de reposição.

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas