Southern Seas – 2024: Marinha do Brasil e US Navy realizam treinamento no litoral brasileiro

Southern Seas – 2024: Marinha do Brasil e US Navy realizam treinamento no litoral brasileiro
Foto: Marinha do Brasil

No últimos dias, a Marinha do Brasil e a US Navy, dos Estados Unidos, realizaram um treinamento em conjunto no litoral brasileiro, entre o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. A fase mar da operação intitulada Southern Seas – 2024 aconteceu entre 15 e 20 de maio.

Os AF-1 “Skyhawk”, da Marinha do Brasil (MB), realizaram operações aéreas em coordenação com o Porta-Aviões USS “George Washington”, da Marinha norte-americana (USN), no litoral entre o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. O treinamento fez parte das ações realizadas em conjunto com a Força-Tarefa dos Estados Unidos da América (EUA), durante a fase de mar da Operação “Southern Seas – 2024”, visando testar e aprimorar a interoperabilidade da MB com a USN e a Guarda Costeira dos EUA (USCG).

Na ocasião, as aeronaves brasileiras, que pertencem ao Esquadrão VF-1, realizaram aproximações para pouso, seguidas de arremetidas, no USS “George Washington”. O Comandante da Força Aeronaval, Contra-Almirante Emerson Gaio Roberto, acompanhou de perto o exercício, enfatizando a importância da interoperabilidade e da cooperação entre países em operações multilaterais. As aeronaves F-35 “Lighting II” e F/A-18 E/F “Super Hornet”, componentes da ala aérea do Porta-Aviões norte-americano, também realizaram demonstrações aéreas.

Além da atuação dos caças da Marinha do Brasil junto ao USS “George Washington”, diversas manobras aéreas foram realizadas durante a Operação “Southern Seas”, incluindo o cross deck, com o pouso da aeronave de asa rotativa, AH-11B “Wild Lynx”, no destróier USS “Porter”, pertencente à USN; os voos de Qualificação e Requalificação de Pouso a Bordo (QRPB); e o pick-up, também realizado pela AH-11B, que consiste na transferência de carga leve, por meio de um guincho, entre o navio e a aeronave.

A Marinha do Brasil empregou, na Operação “Southern Seas – 2024”, além das aeronaves de asa fixa AF-1 “Skyhawk”, as aeronaves de asa rotativa UH-15/AH-15B “Super Cougar” e AH-11B “Wild Lynx”. Pela USN, foram empregadas as aeronaves F-35 “Lighting II”, F/A-18 E/F “Super Hornet”, EA-18G “Growler”, E-2C “Hawkeye” e SH-60 “Seahawk”.

Fonte: Agência Marinha de Notícias
Acesse: https://www.agencia.marinha.mil.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *