Transporte aéreo de carga e oferta doméstica superam índices pré-pandemia

Veja quais foram as 10 rotas domésticas com maior volume de voos em 2023

Os dados recém divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) apontam que, em março deste ano, a movimentação de carga aérea e a oferta doméstica superaram os índices pré-pandemia.

Carga Aérea

O setor de carga aérea doméstica superou 38 mil toneladas transportadas. O número é 5,1% superior ao registrado em março de 2019. Já no mercado internacional, a movimentação atingiu cerca de 70 mil toneladas, 14,8% a mais do que no mesmo período de 2019.

Voos comerciais/Passageiros

A oferta doméstica, aferida por assentos-quilômetros ofertados (ASK), também superou os índices pré-pandêmicos, com um aumento de 1% em comparação com março de 2019. Na comparação com o mês de março de 2022, por sua vez, o aumento registrado foi de 9,5%.

Outro dado positivo está na movimentação de passageiros domésticos. Foram 7,4 milhões de passageiros transportados, 15,5% a mais que os números registrados em março de 2022. O montante chega a 96% dos passageiros domésticos em março de 2019.

Mercado internacional

No mercado internacional, a movimentação atingiu 1,6 milhão de passageiros, representando 79,8% do registrado em março de 2019, quando a marca foi de 2 milhões de passageiros. Contudo, quando comparado com o mesmo mês em 2022, o índice é 53% maior.

Nos índices de demanda internacional, no mês de março, a variação apresentou decréscimo de 14,7% em relação à registrada no mesmo mês de 2019. Se comparada com março de 2022, houve crescimento de 44,5%. Já a demanda doméstica (ASK) teve redução de 1,5% na comparação com março de 2019, registrando crescimento de 9,5% em relação a maio de 2022.

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas