Quem voa com a Azul agora pode apoiar projetos na Amazônia

Saiba como está a ocupação da Azul na rota para Paris
Foto: Fábio Passalacqua

O passageiro que voar na Azul Linhas Aéreas agora pode contribuir com a a proteção e o desenvolvimento da Amazônia Legal.

Na hora de comprar qualquer passagem com a Azul, o usuário pode optar por pagar uma taxa adicional que tem dupla função. Uma referente ao valor para compensar o impacto daquele assento na emissão de CO2 durante o voo e a outra ao recurso a ser direcionado para projetos na Amazônia que a companhia apoia. A a compensação de emissões é voluntária.

Filipe Alvarez de Oliveira, gerente de Sustentabilidade, comenta que essa é uma opção prática, segura e até educativa para os passageiros.

A taxa varia conforme a distância, o trajeto, o tipo de aeronave, a quantidade de viajantes a bordo, entre outras variáveis presentes em cada voo. O cálculo é feito usando a tecnologia da CHOOOSE.

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas