LATAM apresenta resultados financeiros de 2023

LATAM planeja aumentar frequências no voo para Melbourne
Foto: Wikimedia

Em uma coletiva de imprensa, a LATAM divulgou seus resultados financeiros correspondentes ao quarto trimestre e ao ano completo de 2023.

No encerramento de 2023, o grupo LATAM registrou receitas de aproximadamente US$ 11,8 bilhões, 23,9% mais do que em 2022, atingindo uma margem operacional ajustada de 11,3%. O lucro líquido ficou em US$ 582 milhões. No quarto trimestre de 2023, o grupo obteve receitas de US$ 3,3 bilhões, 18,5% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

“Este desempenho é reflexo de uma cultura em que priorizamos o cliente, trabalhamos em entregar o melhor serviço, mantemos uma estrutura de custos competitiva, incorporamos inovação e tecnologias, trabalhamos por um negócio sustentável e contribuímos nas sociedades em que operam as empresas do grupo LATAM. Este foco nos permite entregar o melhor produto, o que se traduz em ótimos resultados financeiros”

Roberto Alvo, CEO do LATAM Airlines Group.

Em 2023, o grupo LATAM transportou cerca de 74 milhões de passageiros, atingindo níveis semelhantes aos de 2019, antes da pandemia. Esse resultado se explica pelo aumento de passageiros transportados nos mercados domésticos das afiliadas do grupo LATAM no Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, e um forte aumento de 50,1% em passageiros internacionais transportados na comparação com 2022.

Vale lembrar que, durante 2023 o grupo recebeu 30 aviões, sendo 5 foram de dois corredores (wide-body) e 25 de um corredor (narrow-body), permitindo dessa forma aumentar a sua oferta em todos os segmentos. Adicionalmente, o grupo lançou 21 rotas no total, sendo 17 internacionais e 4 domésticas, incluindo 4 rotas operadas pelo grupo no contexto da Joint Venture com a Delta Air Lines.

Em dezembro último, o grupo LATAM apresentou seu guidance para 2024, em que projeta um crescimento entre 12% e 14% (medido em assentos-quilômetros disponíveis – ASK) das suas operações de passageiros estimando ultrapassar os níveis pré pandemia durante o primeiro trimestre deste ano. Além disso, a companhia espera um EBITDAR ajustado (earnings before interest, taxes, depreciation and amortization and rent costs nas siglas em inglês) entre US$ 2,6 bilhões e US$2,9 bilhões, e uma alavancagem ajustada entre 1,8 e 2,0 vezes.

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas