Conheça o Aeroporto de Naha, situado na paradisíaca ilha de Okinawa

Conheça o Aeroporto de Naha, situado na paradisíaca ilha de Okinawa
Foto: Wikimedia

O último aeroporto que exploramos juntos aqui na Flap foi o aeroporto de La Romana, na República Dominicana, que funciona de forma interligada com um porto e está situado em uma região bastante turística. Hoje, nós voaremos lá para o Japão, para conhecer mais sobre o Aeroporto Internacional de Naha, que também possui uma conexão próxima com o porto e é porta de entrada para um paraíso tropical.

Localização

Com 110 km de extensão, a maior ilha do arquipélago de Okinawa está localizada no Mar da China Oriental a cerca de 500 km de Taiwan e a cerca de 640 km das principais e maiores ilhas do Japão. Suas lindas praias e águas cristalinas colocam o local como um dos mais paradisíacos da Ásia, sendo bastante procurado por turistas.

okinawa map
Foto: Okinawa Guide

Para chegar lá, a forma mais rápida é por meio aéreo, utilizando o Aeroporto Internacional de Naha, que serve como porta de entrada e está situado próximo ao centro de Naha, cidade no sul da ilha. A população total em Okinawa supera os 1,3 milhões de habitantes e a posição da ilha é estratégica tanto para as forças armadas do Japão quanto para as do Estados Unidos.

História

Construído pelos japoneses em 1933, o então aeródromo de Navy Oroku servia, inicialmente, como base aérea para a Imperial Japanese Navy.

No final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, a base foi tomada pelos estadunidenses, que renomearam o local como Naha Airport. Na época, Japão e Estados Unidos se enfrentavam na Guerra do Pacífico, um dos teatros de operação do conflito global. Dois anos mais tarde, desembarcavam no Aeroporto de Naha os primeiros voos comerciais, operados pela Pan American World Airways e Northwest Orient.

Naha airfield
Foto: Wikimedia

Entre 1952 e 1954 o Aeroporto de Naha ficou fechado para a realização de melhorias, incluindo a construção de um terminal de passageiros, e a Japan Airlines iniciou suas operações em Okinawa durante esse período, mas pousando na Base Aérea de Kadena, situada a cerca de 24 km do Aeroporto de Naha. Na época, a ilha estava sob posse dos norte-americanos, que a devolveram ao Japão somente em 1972, sendo assim, a as Forças Armadas dos EUA entregaram o aeroporto ao Japan Air Self-Defense Force. Em 1975, o novo terminal de passageiros foi inaugurado e, em 1986, a então única pista 18/36 foi ampliada para 3 mil metros.

De lá para cá, o aeroporto passou por diversas novas modificações e melhorias, como por exemplo, a construção de uma nova pista de pousos e decolagens. Com 2.700 metros de comprimento, a nova pista 18R/36L foi inaugurada em 2014, mesmo ano da inauguração do novo terminal de passageiros designado para voos internacionais. 

Naha Airport 2nd runway under construction
Foto: Wikimedia

Uma curiosidade na história do aeroporto de Naha é que até a abertura dos voos entre China e Taiwan, por conta de questões diplomáticas, a ilha de Okinawa servia como ponto de conexão para quem queria voar entre Xangai e Taipé.

Acidentes/Incidentes

A primeira ocorrência mais grave reportada no aeroporto de Naha aconteceu em julho de 1970, quando um Douglas DC-8 da Flying Tiger Line caiu a menos de 1 milha da pista 18 vitimando os quatro ocupantes a bordo.

Mais de 20 anos depois, o Aeroporto de Naha voltou aos holofotes por conta do atentado ao voo 434 da Phillipine Airlines. Um Boeing 747 da companhia estava voando entre Cebu e Tóquio, quando uma bomba explodiu, causando danos na cabine de passageiros e também nos sistemas de controle da aeronave, além de ter vitimado um ocupante e ferido outros dez. Os pilotos desviaram a rota e pousaram em segurança em Okinawa.

Uma terceira ocorrência que chamou a atenção da mídia no Aeroporto de Naha foi o voo 120 da China Airlines. Em agosto de 2007, o Boeing 737-800 de matrícula B-18616 sofreu um incêndio no pátio pouco antes de iniciar o desembarque dos passageiros. Assim que notou o fogo, o comandante notificou os controladores de voo e solicitou aos outros tripulantes a evacuação dos passageiros. Não houve vítimas fatais, mas o Boeing ficou praticamente todo destruído.

Porto-Aeroporto

Um túnel de 2,5 km conecta o aeroporto de Naha com o principal porto da ilha, facilitando assim o transporte de cargas e pessoas entre as localidades.

Fundado em 1264, o porto de Naha é um importante centro logístico do leste asiático e possui um intenso tráfego cargueiro na região, estando localizado entre outros dois importantes portos, o Kaohsiung (Taiwan) e de Busan (Coréia do Sul), além de estar a 820 km de Xangai, a cidade com maior tráfego mercantil em território chinês, e servir também como um ponto redirecionador de carga entre Estados Unidos e China.

O Aeroporto Hoje

Atualmente, o Aeroporto Internacional de Naha atende 38 aeroportos, em seis diferentes países, e possui em média 1.160 decolagens semanais. Confira mais detalhes:

  • De Okinawa para:
    • Cingapura – 3 voos semanais (Jetstar Asia)
    • Hong Kong – 21 voos semanais (HK express e Hong Kong Airlines)
    • Kaohsiung (Taiwan) – 3 voos semanais (China Airlines)
    • Taipé (Taiwan) – 63 voos semanais (Peach, Batik Air Malaysia, Starlux, EVA Air, Tiger Air Taiwan e China Airlines)
    • Xangai (China) – 15 voos semanais (China Eastern, Air China e Spring Airlines)
    • Pequim (China) – 2 voos semanais (Air China)
    • Seul (Coreia do Sul) – 30 voos semanais (Korean Air, Jin Air, Asiana Airlines, T’way Airlines, Jeju Air)
    • Busan (Coreia do Sul) – 1 voo semanal (Jin Air)
    • Yonaguni (Japão) – 4 voos semanais (Japan Airlines)
    • Ishigaki (Japão) – 100 voos semanais (All Nippon Airways, Japan Airlines e Solaseed Air)
    • Miyako (Japão) – 93 voos semanais (All Nippon Airways e Japan Airlines)
    • Shimojishima (Japão) – 14 voos semanais (Skymark Airlines)
    • Kumejima (Japão) – 19 voos semanais (Japan Airlines)
    • Kitadaito (Japão) – 1 voo semanal (Japan Airlines)
    • Minamidaito (Japão) – 3 voos semanais (Japan Airlines)
    • Yoronjima (Japão)  – 2 voos semanais (Japan Airlines)
    • Okierabu (Japão) – 11 voos semanais (Japan Airlines e All Nippon Airways)
    • Amami (Japão) – 11 voos semanais (Japan Airlines e All Nippon Airways)
    • Kagoshima (Japão) – 14 voos semanais (Solaseed Air)
    • Miyazaki (Japão) – 7 voos semanais (Solaseed Air)
    • Kumamoto (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Fukuoka (Japão) – 144 voos semanais (All Nippon Airways, Peach, Skymark Airlines, Japan Airlines e Solaseed Air)
    • Iwakuni (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Matsuyama (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Hiroshima (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Takamatsu (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Okayama (Japão) – 7 voos semanais (Japan Airlines)
    • Osaka Kansai (Japão) – 71 voos semanais (All Nippon Airways, Peach, Jetstar Japan e Japan Airlines)
    • Kobe (Japão) – 49 voos semanais (Skymark Airlines e Solaseed Air)
    • Osaka Intl (Japão) – 35 voos semanais (Japan Airlines e All Nippon Airways)
    • Komatsu (Japão) – 7 voos semanais (Japan Airlines)
    • Nagoya (Japão) – 81 voos semanais (All Nippon Airways, Jetstar Japan, Peach, Skymark Airlines, Japan Airlines e Solaseed Air)
    • Tóquio Haneda (Japão) – 229 voos semanais (All Nippon Airways, Skymark Airlines, Japan Airlines e Solaseed Air)
    • Tóquio Narita (Japão) – 31 voos semanais (Jetstar Japan e Peach)
    • Omitama (Japão) – 7 voos semanais (Japan Airlines)
    • Nigata (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Sendai (Japão) – 7 voos semanais (All Nippon Airways)
    • Sapporo (Japão) – 7 voos semanais (Peach)

A rota comercial mais movimentada a partir do Aeroporto de Naha é para o Aeroporto Haneda, em Tóquio, com média de 229 partidas semanais. As empresas All Nippon Airways, Skymark Airlines, Japan Airlines e Solaseed Air disputam o mercado.

Além dos voos comerciais, o Aeroporto de Naha também recebe voos cargueiros, aviação executiva e também movimento militar.

Especificações

  • ICAO: ROAH
  • IATA: OKA
  • Pistas:
18L/36R Comprimento: 3.000 metros / 9.843 pés Asfalto
18R/36L Comprimento: 2.700 metros / 8.858 pés Asfalto
  • Passageiros/ano (2023): 19,1 milhões
  • Coordenadas: 26°11′45″N 127°38′45″E
  • Elevação: 3 metros

Você já visitou o Aeroporto de Naha em Okinawa? Conte para nós nos comentários:

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas