Avianca transportou mais de 110.000 toneladas de carga e operou 138 voos de repatriação

Cerca de 11.500 pessoas voltaram para casa em ações coordenadas entre a companhia aérea, governos, embaixadas e consulados

Com o objetivo de contribuir para o fornecimento e a conectividade da América Latina, a Avianca Holdings continuou sua operação no âmbito de regulamentos governamentais desde a declaração de emergência mundial do COVID-19, com a realização de operações especiais de carga e passageiros. Nas últimas semanas, a empresa realizou 138 voos de repatriação que contribuíram para o retorno de cerca de 11.500 viajantes. Da mesma forma, a unidade de cargas da empresa realizou mais de 3.000 voos, com o transporte de mais de 110.000 toneladas para 24 destinos no mundo, incluindo Xangai, Amsterdã, Bruxelas, Madri, Granada, Guiana, Paramaribo, Nova York e Edmonton. Além disso, através da Deprisa, foi conseguido o transporte de mais de 6.900 toneladas de mercadorias, correspondência e carga em destinos nacionais. Em meio a um mercado em contração no fornecimento, a Avianca continua transportando flores e cumprindo os compromissos acordados com exportadores da Colômbia e do Equador. Foto: Paulo Berger

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas