4/12/1991: o voo final da Pan Am

4/12/1991: o voo final da Pan Am
Foto: Wikimedia

Ontem (4), completou-se 32 anos que a emblemática Pan American World Airways realizou sua última operação, marcando o fim de uma longa história cheia de pioneirismos e de uma marca que foi referência na aviação mundial, na moda e também na cultura norte-americana.

Do seu primeiro voo, em março de 1927, até o último, em dezembro de 1991, foram pouco mais de 64 anos de operação, conectando cidades em todas as partes do mundo: Pago Pago, no meio do Pacífico; Nairóbi, no Quênia; Rio de Janeiro, no Brasil, entre muitas outras.

Era uma quarta-feira melancólica, 4 de dezembro de 1991. Como uma empresa que havia se tornado tão poderosa poderia estar acabando? Essa era uma pergunta que muitos deviam estar se fazendo naquele dia. Nos comandos do Boeing 727-221ADV de matrícula N368PA, o ‘Clipper Goodwill’, estavam os comandantes Mark Pyle, Robert Knox e o engenheiro de voo Chuck Foreman. O Pan Am 436 partiu de Bridgetown, em Barbados, por volta das 14h (local), rumo a Miami, nos Estados Unidos.

Após seu pouso na cidade da Flórida, a Pan Am original virou história. Nenhuma das tentativas de reestruturação da empresa foi suficiente para evitar o seu iminente colapso. O nome Pan Am ainda “reencarnou” em algumas companhias aéreas que surgiram após o fim da original: Pan American Airways (1996–1998), Pan American Airways (1998–2004), Boston-Maine Airways/Pan Am Clipper Connection (2004-2008) e Pan Am World Airways Dominicana/PAWA Dominicana (2015-2018). 

Você voou com a Pan Am? Conte para nós nos comentários:

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas