Bette Nash: a comissária de bordo mais experiente ainda em atividade

Bette Nash: a comissária de bordo 'mais velha do mundo' ainda voando
Fotomontagem via Daily Mail

No ano passado, o Guinness Book reconheceu a jovem senhora Bette Nash de 86 anos como a comissária de bordo com mais tempo de experiência ainda voando. Ela começou a voar em 1957 e no outono do ano passado (Hemisfério Norte) comemorou impressionantes 65 anos em atividade.

Nash iniciou sua carreira na Eastern Airlines e no final da década de 80 foi voar na American Airlines, onde está até hoje.

Ela comentou durante uma entrevista ao canal norte-americano ABC quais as principais diferenças de como é voar hoje em dia e como era nos tempos em que começou. Nash conta que naquela época as empresas aéreas faziam vistorias nas casas das comissárias de bordo para se certificar de que elas não estavam morando com um homem, porque as aeromoças tinham que ser solteiras naquela época. Antes do início de cada sequência de voos, elas também eram pesadas pela companhia aérea e eram suspensas caso tivessem ganhado peso. Outros tempos.

“Você tinha que ter uma certa altura e um certo peso. Isso era horrível. (…) Nós costumávamos passar com cigarros (Kent e Marlboro) e fósforos durante o voo, após o serviço de bordo”

Bette Nash em entrevista para a ABC


LEIA TAMBÉM:

Outra diferença era o pagamento das passagens. O passageiros realizam o pagamento direto com comissárias, já quando estavam embarcados. Segundo Nash, os voos entre Nova Iorque e Washington naqueles tempos custavam a partir de 12 dólares.

Muita coisa mudou de lá para cá e Bette acompanhou toda essa mudança voando e se adaptando. Hoje, as empresas aéreas possuem outra dinâmica na contratação de seus tripulantes, algumas nem maquiagem exigem mais. O cigarro a bordo já não é permitido faz tempo e o pagamento da passagem que era feito com a comissária, atualmente é feito no celular direto no site da companhia.

Hoje, Bette Nash pode escolher quais voos quer voar no mês e dentre as infinitas possibilidades que a malha da American Airlines oferece, ela sempre opta pela linha de Boston para Nova Iorque ou Washington, isso porque ela consegue dormir todos os dias em casa e cuidar de seu filho, que é deficiente.

“Eu amo os meus passageiros e eu amo estar sempre no mesmo voo”

Bette Nash

anteriormente
Foto via The Points Guy

Em 2014, um comissário de bordo da Delta Airlines com 90 anos foi forçado a se aposentar e não ficou feliz com a situação. Por enquanto, a palavra aposentadoria parece estar distante de Bette Nash que pretende continuar cruzando os céus dos Estados Unidos.

-> ASSINE AQUI A FLAP INTERNATIONAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Últimas